Blog

ROGÉRIO REZENDE

Notícias sobre empreendedorismo, Marketing Digital e Conteúdo, Inovação, tecnologia, desenvolvimento humano e notas sociais de Goiás

  • Rogério Rezende

Na terra do Sertanejo o Axé renasce



Mulher bonita, hospitalidade, diversidade de gostos e animação são qualidades do povo goiano para que a Capital seja considerada pé-quente para todo início de carreira musical ou renascimento de eventos, como as micaretas baianas

Todo artista que quer fazer sucesso na música sertaneja tem uma tarefa de casa obrigatória: morar em Goiânia ou fazer algo como um DVD, clipe ou parcerias com cantores goianos como Bruno & Marrone, Leonardo, Zezé de Carmargo & Luciano ou “reconhecidos como goianos”, como Gusttavo Lima e Jorge & Mateus, Israel Novaes etc. Para o cantor Gusttavo Lima, que é de Presidente Olegário/MG, foi fundamental para sua carreira se basear na cidade. Já as irmãs Maiara e Maraisa, de São José dos Quatro Marcos/MT também mudaram-se para Goiânia e, em pouco tempo, conseguiram se promover em casas noturnas e alcançar o estrelato nacional.

Mas que tempero é esse que existe para a música sertaneja em Goiânia? Na verdade, a pergunta não é essa, deveria ser: o que esta cidade tem de tão especial para o show business dar tão certo e em tantos estilos diferentes? A capital é o berço do Sertanejo nacional, mas também do Rock, com o Festival Bananada, que existe desde 1999 e incentiva a produção da música independente local e internacional.

E não para por aí. Artistas internacionais como 50 Cents, Charles Aznavour, Gloria Gaynor e da música eletrônica como David Guetta, Fatboy Slim, Kaskade também passaram por lá. Como esquecer do DJ brasileiro mais famoso mundo, o Alok?! É goiano! Talvez seja a diversidade do povo goiano que torna a cidade parada obrigatória para grandes artistas, até mesmo para aqueles que estavam um pouco esquecidos da mídia.

Pois é o caso da volta do Axé Music com todas as forças em Goiás - um fenômeno que não vem acontecendo em outras capitais - com a apresentação dos cantores Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) e Durval Lelys (ex-Asa de Águia) programada para setembro. Vão cantar em trios elétricos, como aconteceu há 15 anos em outras micaretas. O Carna Gyn renasce como um verdadeiro saudosismo de um tempo glorioso que arrastava mais de 50 mil pessoas às ruas. E vem do mais legítimo, foliões correndo atrás do trio, mas com todo conforto de banheiros pelo trajeto ou nas próprias estruturas do trio elétrico ou carro de apoio, que comercializa bebidas.

Assim é Goiânia, uma cidade efervescente, eclética e amável. É isso mesmo, amável, hospitaleira e com muita mulher bonita. Talvez sejam estes os temperos que fazem desta cidade o maior celeiro de revelações artísticas do Brasil. Se quiser saber mais acesse www.carnagyn.com.br

#micareta #carnaval #carnagyn #durvallelys #bellmarques

16 visualizações